Portal | ADSMC

Notícias da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São Miguel dos Campos/AL.

Atendimento

terça, quinta e sexta das
08h às 13h.
(82) 3271 2498
adsmc@uol.com.br

→ Notícias

Lição 10- O Reinado de Ezequias

Comentário Pr. Jairo Teixeira Rodrigues

Publicado em 11 set 2021

2Reis 18:5

Introdução: Reis 18.5 NO SENHOR… CONFIOU. Trata-se do rei Ezequias. Depois de relatar a queda de Samaria e do Reino do Norte, o escritor volta à história de Judá (o Reino do Sul), partindo do reinado do bom rei Ezequias. Ele foi um dos melhores reis de Judá, por causa da sua confiança em DEUS e sua dependência DEle. Ezequias confiava plenamente no Senhor, guardava seus mandamentos (vv. 3-6) e exortava o povo a desviar-se do pecado e a voltar-se para DEUS (2 Cr 30.6-9). No começo do seu reino, reparou e purificou a casa do Senhor, reintegrou os sacerdotes e levitas ao seu ministério, e restaurou a celebração da festa da Páscoa (2 Cr 29.3; 30.5).

Procurou, com todo empenho, destruir todos os altares e altos idólatras em Judá (v. 4). Ver caps. 19,20; 2 Cr 29-32 e Is 36-39 para mais detalhes do reinado de Ezequias.

18.7 E SE REVOLTOU CONTRA O REI DA ASSÍRIA. Nesse período da história de Judá, o Reino do Sul também caiu sob o domínio da Assíria, sendo-lhe exigido pagar um tributo anual. Ezequias coligou-se a uma conspiração internacional contra a Assíria e recusou-se a continuar pagando tributo. O resultado dessa tentativa de independência está registrado em 18.13-19.37.

A lição que ora estudamos, nos traz preciosos ensinos, na vida de um homem que confiou no Senhor. Somos honrados pelo Senhor sempre que permanecemos fiéis e tementes a Ele.

I – O REINADO DE EZEQUIAS:

O rei Ezequias Reparou e purificou a casa do Senhor, reintegrou os sacerdotes e levitas ao seu ministério, e restaurou a celebração da festa da Páscoa (2 Cr 29.3; 30.5). Procurou, com todo empenho destruir todos os altares e altos idólatras em Judá. Foi um dos três melhores reis de Judá.

O rei Ezequias ora a DEUS e pede ajuda para derrotar os exércitos Assírios comandados por Senaqueribe.

O rei Ezequias deixa a prudência e revela segredos para babilônios que mais tarde voltarão e invadirão Judá e os levarão cativos para a Babilônia.

O rei Ezequias se humilha e pede mais tempo de vida a DEUS depois de receber ultimato e declaração de morte.

O rei Ezequias só tem filho após receber decreto de morte por parte de DEUS, através do profeta Isaías.

Seu filho começa a reinar com 12 anos, ou seja, nasceu 3 anos após o rei Ezquias receber ordem de DEUS para ordenar sua casa. ele precisava de um filho para continuar a linhagem de Davi.

Em sua humilhação diante de DEUS lhe foi concedido 15 anos de vida a mais, após decreto de sua morte.

1. Ele era um genuíno filho de Davi, que teve uns muito degenerados (v. 3): Ele fez o que era reto aos olhos do Senhor, conforme tudo o que fizera Davi, seu pai, com quem foi feita a aliança, e por essa razão ele deveria ter o benefício dela. Nós temos lido de alguns deles que fizeram o que era reto, ainda que não como Davi (14.3). Eles não amaram as ordenanças de DEUS, nem se apegaram a elas como ele fez. Mas Ezequias foi um segundo Davi, teve tal amor pela palavra de DEUS, e pela casa de DEUS, como Davi teve. Que nós não nos amedrontemos com um receio da contínua decadência da virtude, como se, quando os tempos e os homens forem maus, devem, necessariamente, ir de mal a pior. Isso não procede, pois, depois de muitos reis maus, DEUS levantou um que era como o próprio Davi.

2. Ele foi um zeloso reformador do seu reino, e como nós encontramos em 2 Crônicas 29.3, ele começou cedo, começou a trabalhar assim que assumiu a coroa e não perdeu tempo. Ele encontrou seu reino muito corrompido, e o povo, muito supersticioso em todas as coisas. Eles tinham sempre sido assim, mas no último reinado, tinham sido piores do que nunca. Pela influência dos pais iníquos deles, um dilúvio de idolatria tinha se espalhado pela terra. Seu espírito ficou agitado contra essa idolatria, podemos supor (como Paulo em Atenas), enquanto seu pai viveu, e por essa razão, assim que teve o poder em suas mãos, ele mesmo se pôs a abolir a idolatria (v. 4), embora, considerando como as pessoas estavam unidas a ela, não pensasse que isso pudesse ser feito sem oposição. (1) As imagens e os bosques eram evidentemente idolátricos e de origem pagã. A esses ele quebrou e destruiu. Embora seu próprio pai os tivesse estabelecido, e mostrado afeto por eles, ele ainda não os protegeria. Nós jamais devemos desonrar a DEUS para honrar nossos pais terrenos. (2) Os lugares altos, embora tivessem sido usados às vezes pelos profetas, em ocasiões especiais, e tivessem sido até aqui tolerados pelos bons reis, eram, apesar disso, uma afronta ao templo e uma transgressão da lei que exigia que adorassem apenas nele, e, estando longe da inspeção dos sacerdotes, deram oportunidade para a introdução de costumes idolátricos. Por essa razão, Ezequias, que fez da palavra de DEUS a sua regra, e não seguiu o exemplo de seus predecessores, os removeu, estipulou uma lei, que foi executada com vigor, para a remoção deles, a demolição das capelas, dos tabernáculos e altares ali erigidos, e a supressão do uso deles. E é provável que os terríveis castigos sob os quais o reino de Israel agora estava por causa da sua idolatria, fizeram que Ezequias ficasse mais zeloso e o povo mais propenso a concordar com ele. É bom quando os males de nosso próximo são nossas advertências. (3) A serpente de bronze foi originalmente uma instituição divina, mas, porque ela tinha servido de incentivo à idolatria, ele a fez em pedaços. Os filhos de Israel a tinham trazido com eles para Canaã. Não somos informados onde eles a colocaram, mas, parece que ela foi cuidadosamente preservada como um memorial da bondade de DEUS para com os seus pais no deserto e uma evidência tradicional da verdade daquela história (Nm 21.9), para o encorajamento dos doentes para pedirem a cura a DEUS, e dos pecadores arrependidos para lhe pedirem a misericórdia. Mas ao longo do tempo, quando eles começaram a adorar a criatura mais do que o Criador, aqueles que não adoravam imagens emprestadas aos pagãos.

II – AS AFRONTAS DE SENAQUERIBE

(2 Reis 19:8-19)

-Senaqueribe Tenta Amedrontar Ezequias e este, em Oração, Recorre a DEUS

-Rabsaqué, tendo entregue sua mensagem e não tendo recebido nenhuma resposta (não é dito se ele considerou esse silêncio um assentimento ou um desprezo), deixou seu exército diante de Jerusalém, sob o comando de outros generais, e foi ele mesmo até o rei seu senhor buscando novas ordens. Ele o encontrou cercando Libna, uma cidade que tinha se revoltado contra Judá (8.22). Não está claro se ele tinha tomado Laquis ou não. Alguns pensam que ele considerou a conquista da cidade impossível (v. 8). Porém, agora ele ficou alarmado com o rumor de que o rei dos cuxitas, que faziam fronteira com os árabes, estava saindo contra ele com um grande exército (v. 9). Isso fez com que ele desejasse tomar Jerusalém o mais rapidamente possível. Conquistá-la pela força iria custar mais homens e tempo do que ele poderia dispor e por isso ele renovou o ataque contra Ezequias para convencê-lo a se render docilmente. Tendo-o encontrado uma vez como um homem maleável (18.14), quando ele disse: Tudo o que me impuseres levarei.

-Senaqueribe enviou uma carta a Ezequias, uma carta insultuosa, uma carta blasfema, para persuadi-lo a fazer com que Jerusalém se rendesse, porque não era de nenhum proveito para ele pensar em resistir. Sua carta tem o mesmo propósito que o discurso de Rabsaqué. Não há nada de novo nela. Rabsaqué tinha dito ao povo: Não vos engane Ezequias (18.29). Senaqueribe escreve a Ezequias: Não te engane o teu DEUS (v. 10). Aqueles que têm o DEUS de Jacó por seu auxílio e cuja esperança está posta no Senhor, seu DEUS, não precisam temer serem enganados por Ele, como os pagãos foram por seus deuses. Para amedrontar a Ezequias, e desviá-lo de sua âncora, ele se engrandece e a suas próprias façanhas.

Conclusão: A respeito de “O Reinado de Ezequias”, responda: Quem foi Ezequias? Um rei de Judá temente a DEUS.

Qual foi a lição deixada por Ezequias? DEUS sempre ouve os sinceros de coração, que confiam nEle mesmo diante do medo e insegurança.

O que significa dizer que “Ezequias achegou-se a DEUS”? Significa que Ezequias não se afastou do Senhor e guardou os seus mandamentos (2 Rs 18.6). Ele estava disposto a honrar e adorar somente a DEUS.

O que promoveu uma adoração nacional em Judá? Um apelo de Ezequias a toda a nação de Judá à santidade, ao arrependimento e à adoração a DEUS. Qual foi o livramento dado por DEUS ao povo de Judá? O anjo de DEUS eliminou cento e oitenta e cinco mil assírios.

De Deus Não se Zomba”

O livro de Gálatas mostra claramente que a salvação não vem pela obediência perfeita da lei do Antigo Testamento. Quando Paulo aproxima-se do fim desta carta, ele enfatiza a necessidade da ênfase espiritual na vida, deixando as coisas da carne (Gálatas 5). O capítulo 6 inicia-se com uma série de orientações sobre as responsabilidades de cada cristão. É neste contexto que Paulo diz: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gálatas 6:7). Apesar desta e outras advertências, muitas pessoas vivem zombando de Deus. Vamos considerar alguns exemplos das maneiras que alguns zombam do Senhor.

(1) Pessoas zombam de Deus quando negam a existência dele. Davi disse: “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se e praticam iniqüidade; já não há quem faça o bem” (Salmo 53:1). Este rei de Israel considerou tolice negar todas as evidências da existência de Deus – até a própria criação – e rejeitar o fato que Deus existe. Até hoje, muitos negam a existência de Deus. Aqueles que praticam a idolatria adoram falsos deuses enquanto negam o único verdadeiro Deus. Os que adotam a filosofia ateísta negam a existência de qualquer ser divino. Especialmente nos últimos dois séculos, a teoria da macroevolução se tornou um mecanismo para facilitar o raciocínio e fortalecer a determinação dos ateus. Esta teoria, embora nunca comprovada, é apresentada nas salas de aula da maioria das escolas e na mídia como fato absoluto. Uma vez que a pessoa aceita a noção do ser humano existir como resultado de um processo natural, automaticamente perde qualquer idéia de princípios morais e éticos ensinados por um ser divino. Como Davi disse, “corrompem-se e praticam a iniqüidade” (Salmo 53:1). Paulo, também, mostrou o vínculo entre a descrença e a imoralidade (Romanos 1:21,24-25).

(2) Pessoas zombam de Deus quando negam sua palavra. Muitas pessoas, de alguma forma, acreditam em Deus, mas negam sua revelação. Dois exemplos servirão para ilustrar esta maneira de zombar de Deus:

A Evolução Teísta. Algumas pessoas querem manter certa fé na existência de Deus, mas sentem-se intimidadas pelas idéias pseudocientíficas que supõem origens naturais para os seres vivos. A evolução teísta sugere que Deus criou o mundo e os seres vivos por meio do processo da macroevolução. Assim, estas pessoas negam a palavra revelada, que afirma que Deus criou o universo em seis dias (Êxodo 20:11).

O Ecumenismo. As pessoas que adotam o espírito ecumênico admitem a realidade de algum deus – até do Deus da Bíblia – mas negam as afirmações exclusivistas da palavra. É impossível acreditar na Bíblia como a palavra de Deus e ainda defender o ecumenismo, que trata diversas religiões como igualmente válidas. Jesus, Pedro, Paulo e João afirmaram claramente que a salvação se encontra exclusivamente em Cristo (João 14:6; Atos 4:12; 2 Tessalonicenses 1:8; 1 João 5:12). Eles rejeitaram o ecumenismo.

(3) Pessoas zombam de Deus quando não obedecem a sua palavra. Ainda outras pessoas afirmam sua fé em Deus e até falam que a Bíblia é a palavra dele, mas desrespeitam o ensinamento das Escrituras. Deus revelou uma escolha entre dois caminhos – o que leva à morte e o que leva à vida (Deuteronômio 30:15; Mateus 7:13-14). Até muitos religiosos zombam de Deus pela rejeição do seu ensinamento em alguns assuntos, sejam questões de como a igreja deve servir e adorar ou questões de moralidade. Consideremos alguns exemplos desta maneira de zombar de Deus.


Comente a matéria

*Seu e-mail não será publicado.

*
*

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
YouTube
YouTube
Instagram